+55 11 3865 8319 contato@lucianogibran.com.br

No início da adolescência, os fluxos menstruais são irregulares, mas tendem a se normalizar após dois anos, em média, da primeira menstruação. Em alguns casos, as adolescentes apresentam cólicas incapacitantes, prejudicando suas atividades escolares e sociais. Esse pode ser o primeiro sinal de instalação da doença.

Ao perceber esses sintomas, o médico especialista deve ser consultado para investigação adequada, tratamento correto e acompanhamento, se necessário. Muitas mulheres pensam que é normal sentir dor ao menstruar e não procuram o ginecologista ou, quando procuram, não relatam esta queixa.

Segundo artigo de opinião publicado recentemente na revista Human Reproduction , a endometriose em adolescentes é considerada uma doença oculta, progressiva e grave, merecendo atenção e não apenas compaixão. Além disso, os autores consideram que o atraso no diagnóstico é o grande vilão, prejudicando não apenas a qualidade de vida devido às dores, mas induzindo a infertilidade pois, quanto maior a demora, mais avançada se tornará a doença.